Boas notícias para o Google na sua missão de dominar o mundo (ou, pelo menos, a Motorola). A empresa de Mountain View recebeu a bênção da União Europeia no processo de compra da Motorola Mobility.

Joaquín Almunia, vice-presidente e comissário europeu declarou na nota oficial de imprensa emitida para a ocasião que a organização aprovou a aquisição, depois de uma rigorosa investigação, e por considerar que “não vai representar problemas, ou algo que possa desequilibrar a concorrência no setor”, mas ainda assim observa que vai acompanhar o processo de perto, especialmente pelo fato do uso estratégico das patentes envolvidas.

Outra que deu a sua bênção para a conclusão da compra foi o Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Curiosamente, as palavras do Departamento foi muito parecida com aquelas proferidas pela Comissão Europeia. Assim como seus responsáveis acreditam que a competição não está em risco, o gabinete equivalente ao Ministério da Justiça dos Estados Unidos informam que vão vigiar de perto para evitar ações monopolistas, e que “não terão dúvidas em tomar ações apropriadas para frear qualquer uso anticompetitivo” de suas patentes.

Agora, só falta que China, Taiwan e Israel aprovem a compra, para que Google e Motorola concluam seus negócios.

Via Reuters

Via Reuters