google-sundar-pichai

Com a transformação dos seus serviços em uma holding de empresas chamada Alphabet, a Google modificou o seu código de conduta, onde o seu lema principal também sofreu alterações.

Há 11 anos, o “Don’t be evil” foi o lema da Google como empresa, e isso trouxe muitas dores de cabeça para eles em várias oportunidades, onde suas práticas foram questionadas. O texto atualizado do novo código de conduta da empresa coloca o “Don’t be evil” em um lugar secundário, e dá lugar à expressão “Do the right thing”.

Na prática, dá tudo no mesmo: as decisões a serem tomadas na Google devem resultar em uma boa direção. Mesmo assim, uma mudança desse porte pode não ser tão importante na maioria das empresas, mas em se tratando da Google, é interessante a mudança da visão estabelecida por eles em 2004. Até porque, de lá para cá, a empresa cresceu. E muito.

google-codigo-conduta

A Google agora afirma que “quer fazer as coisas bem feito, de forma mais geral possível, respeitando as leis, atuando de forma honrável e tratando as demais empresas com respeito”. Os novos documentos também revelam os pontos secundários relacionados com a conduta dos funcionários, como o consumo de álcool, a presença (ou não) de animais de estimação nos escritórios, além de especificar que todas as empresas que fazem parte da Google vão atuar com independência da Alphabet.

Veremos e no futuro teremos mais mudanças na Google. Sundar Pichai agora está no comando, e a Alphabet passou a dar mais independência para empresas que até então dependiam da Google. De fato, os futuros projetos da empresa não se alinham mais com o polêmico “Dont’ be evil”.

Via Google, Alphabet, SEC, Wall Street Journal