Um presentinho de Natal do Google para você e para todos aqueles que se recusaram a atualizar os seus dispositivos iOS por causa dos mapas: o Google Mapas voltou! Tudo bem, eles não fizeram nenhum anúncio prévio, e tudo dava a entender que isso iria levar semanas para acontecer, mas o que realmente importa é que o Google Mapas para o iOS já está disponível para os dispositivos da Apple.

Isso era muito esperado por milhões de usuários de iDevices ao redor do mundo, que se sentiram perdidos (alguns deles literalmente) depois que a Apple retirou o aplicativo nativo do Google Mapas do seu sistema operacional móvel, depois que a versão iOS 6 chegou ao mundo, substituído pelo Apple Mapas.

Desde então, o Google prometeu que lançaria um aplicativo oficial dos seus mapas para o iOS via Apple App Store. Muito se especulou sobre as dificuldades e proibições que a Apple estaria colocando para impedir que o aplicativo chegasse à loja, mas hoje (13), o aplicativo é oficialmente lançado. A melhor parte? O Google Mapas não apenas volta ao iOS, mas volta melhor do que nunca, com novas características, suporte para a maioria dos dispositivos disponíveis no mercado, e melhorias que não estavam disponíveis na versão nativa.

Talvez a novidade que mais se destaque nesse novo Google Mapas para iOS é que ele incorpora a navegação por voz, que nos indica as direções que devemos tomar para chegar ao nosso destino. A partir de agora, também é possível sincronizar os mapas do nosso computador com aqueles encontrados no aplicativo, bastando iniciar uma seção com uma conta do Google.

E, como não poderia ser de outra maneira, também incorpora o Street View, uma funcionalidade que permite ver imagens a 360 graus de muitas ruas, avenidas e estradas em alguns países da Europa, Ásia, Oceania e nos Estados Unidos (ainda vou verificar se essa possibilidade está disponível no Brasil), além de permitir a visualização de mais de 100 mil edifícios ao redor do mundo (e essa quantidade só cresce, aos poucos). Por fim, eles publicaram o SDK do Google Mapas para os desenvolvedores incorporarem os novos mapas em seus aplicativos.

 

O Apple Mapas foi muito criticado pelos usuários do iPhone e iPad, pela imprensa, por especialistas da área de tecnologia e até pela própria Apple. Ainda que se entenda que esse é um produto novo, que chegou na primeira versão do iOS 6, não se justifica, muito menos se compreende (em partes) a decisão radical de erradicar o produto do Google por um próprio que não ofereça a mesma qualidade. Principalmente quando falamos da Apple, que sempre prezou em oferecer produtos impecáveis em suas funcionalidades.

Porém, quero ressaltar que o Apple Maps está melhorando aos poucos (como esperado), e apresenta novidades que no futuro serão interessantes, como imagens via satélite e panorâmicas de muitas cidades em modo FlyOver. No futuro, o Apple Maps será um bom produto, ainda mais se eles engajarem o espírito perfeccionista que sempre tiveram. Mas hoje, o produto não está nem perto de ser considerado bom, e a prova disso foi a demissão do responsável pelo seu desenvolvimento, Richard Williamson.

O Google Mapas chega ao iOS como um produto finalizado e renovado, e prometendo oferecer uma solução completa para os usuários de iDevices.

Download: Google Mapas para iOS