O Google completa hoje, 27 de setembro, 14 anos de vida. É difícil de acreditar que já faz tempo que aquela empresa que nasceu em uma garagem se tornou uma gigante do mundo da tecnologia, e hoje, atue em todas as áreas onde o mínimo de tecnologia está envolvida.

Vale registrar que essa data não é a data real de aniversário do Google (apesar da própria empresa comemorar isso no seu doodle de hoje). O primeiro serviço da empresa, a ferramenta de buscas na web, nasceu em 1996, quando os estudantes da Universidade de Stanford, Larry Page e Sergey Brim, trabalharam juntos no processo. A empresa só se tornou oficial (ou uma Incorporated) em 4 de setembro de 1998, mas como a ferramenta de busca chegou ao mundo nesse dia, é essa a data que eles afirmam onde tudo começou. Mas, na prática, é difícil saber quando que o Google realmente nasceu.

Desde então, o Google percorreu um longo caminho, e hoje oferece uma série de novos serviços, com o email, rede social, serviço de armazenamento na nuvem, mapas (hello, Apple…), e mais recentemente, tablets, smartphones, TV a cabo e internet em alta velocidade. O que mais o Google vai oferecer no futuro? Não sabemos.

Mas o que pode estar por vir é um tablet Nexus ainda mais barato do que o Nexus 7, que já é um sucesso de vendas. Segundo os últimos rumores do Digitimes (que recebeu a informação das famosas fontes anônimas), a gigante de Mountain View estaria preparando com a ASUS, fabricante do tablet Nexus, uma nova versão do tablet, que seria pelo menos US$ 100 mais barata que a atual.

Outra possibilidade seria a atualização do tablet Nexus, com uma nova versão mais potente e com maiores possibilidades, que manteria um preço de US$ 199, e a versão que está hoje no mercado teria o seu preço reduzido para US$ 99.

Particularmente, acho difícil esses rumores serem verdadeiros, e para ser justo, até mesmo o Digitimes acha que essa informação é, no mínimo, confusa. É claro que um tablet com a qualidade do Nexus 7 custando US$ 99 iria causar um forte impacto no mercado, e certamente acabaria com qualquer pretensão da Apple em adentrar no mercado de tablets de 7 polegadas.

O problema é que o Google já perde mais dinheiro do que ganha com o atual Nexus 7. Não que ele não venda bem. Pelo contrário. É um sucesso de vendas. O problema é que eles já vendem o tablet a preço de custo, esperando que o que vai gerar lucro com o produto são as vendas da Google Play Store (ou a empresa de Eric Schmidt fechou um acordo muito bom com os fornecedores de tecnologia, e a gente nunca sabe). Logo, acho difícil o Google lançando um novo tablet para as vendas de Natal. Se isso acontecer, será uma surpresa. Uma surpresa até agradável.

Fato é que ainda são rumores. Vamos esperar pelos próximos acontecimentos.

Enquanto isso, vamos comemorar os 14 anos do Google. Veja o vídeo abaixo.

Via Digitimes, CNET, SlashGear