google-pixel-leak-evleaks

O Google Assistant segue seu caminho na missão de se transformar no centro de gerenciamento de toda a sua vida. A plataforma de inteligência artificial da Google estará presente nos novos Pixel e Pixel XL (são os primeiros a trazer o assistente integrado presente no Android 7.1 Nougat), oferecendo aos usuários uma ajuda na hora de realizar uma boa quantidade de tarefas.

O Google Assistant funciona de forma similar ao Cortana da Microsoft ou ao Siri da Apple. Está presente no DNA de outros produtos da Apple, e e responsável pelos usuários encontrarem coisas como endereços, preços de restaurantes ou previsões do tempo com frases naturais, inclusive sugerindo respostas.

 

Um Google Assistant personalizado, individual

Falar diretamente com o Assistant é inclusive mais produtivo, podendo por exemplo receber as notícias mais importantes do dia, revisar os seus e-mails de trabalho ou navegar entre documentos.

Durante o evento Made by Google, o CEO da empresa, Sundar Pichai, descreveu o Assistant como a ferramenta que ajudará os usuários a realizar tarefas de forma individual, compreendendo o contexto único de cada indivíduo.

Ou seja, é possível ter em seu smartphone informações que só interessam a você, não precisando mostrar nem sugerir para outra pessoa que não compartilhar os mesmos gostos, atividades ou costumes (por exemplo). O Assistant será capaz de recordar que, quando você quer ouvir música, você vai no YouTube antes de usar qualquer outro aplicativo.

As possibilidades do novo assistente da Google são infinitas, e a empresa bem sabe disso. E pensa em explorá-las ao máximo, incluindo o Assistant em todos os seus dispositivos.

Ponto para conviver com a inteligência artificial da Google 24 horas por dia?