Orkut_logotipo

Agora é oficial. A Google anuncia em seu blog que o Orkut, primeira grande rede social da era moderna da internet (antes mesmo das pessoas saberem o que era uma rede social), está fechando suas portas, encerrando suas atividades.

Depois de dez anos, a Google decide encerrar o serviço que, para muitos, já estava morto a algum tempo. De qualquer forma, podemos dizer que o Orkut foi um sobrevivente. Conseguiu permanecer ativo por algum tempo (muito tempo, na opinião de muitos), mesmo com o surgimento de serviços mais atraentes, como por exemplo Twitter, Facebook, YouTube e Google+.

A Google fecha as portas do Orkut para concentrar seus esforços e recursos em suas outras plataformas, principalmente na Google+, que demonstra um potencial de crescimento interessante, mas ainda não se consolidou como uma plataforma que pode ficar em pé de igualdade com os seus principais concorrentes (Twitter e Facebook).

O fim do Orkut já tem data definida: 30 de setembro de 2014. Até lá, os usuários poderão exportar os seus dados de perfil, mensagens de comunidades e fotos, com a ajuda do Google Takeout (que por sua vez estará disponível até setembro de 2016). A partir de hoje (30), não será possível criar novas contas na plataforma. Também é possível remover de forma permanente uma conta no Orkut, caso o internauta não queira que o seu nome ou postagens sejam incluídas nos arquivos de comunidades, que estarão disponíveis para consulta pública a partir do dia 30 de setembro.

Por fim, a Google pede desculpas para aqueles (poucos) que ainda utilizam o Orkut regularmente.

Foram 10 anos de um serviço que, para muitos, já estava morto. Mas para outros tantos, foi o início de uma vida online, que hoje até se reflete em amizades virtuais e novas oportunidades de conhecimento, diversão e informação. Não sou hipócrita para dizer que o Orkut “vai me fazer falta”, pois já não usava o serviço a muito tempo. Mas sempre tem aquele sentimento saudosista quando vemos um serviço que já foi relevante chegando ao fim.

#RIPOrkut

Via Blog do Google Brasil