google-allo

A Google anuncia a disponibilidade do Google Allo para Android e iOS. A novidade desse comunicador instantâneo é o seu assistente pessoal integrado, um algoritmo no mais puro estilo Siri, que ajuda a realizar tarefas dentro do aplicativo.

Reservar uma mesa no nosso restaurante favorito, exibir informações do tempo, indicar endereços, exibir resultados esportivos, entre outras possibilidades. E a Google quer que todos usem o Allo: você nem precisa ter uma conta no Gmail para utilizá-lo, bastando um nome e um número de telefone para concluir o cadastro.

O valor agregado do Google Allo em relação à sua concorrência é a sua integração com os demais serviços da Google, principalmente à ferramenta de buscas. Os resultados aparecem rapidamente, inclusive com comandos de voz, com informações precisas, mesmo que o usuário tenha que afinar dados para resultados específicos.

Além disso, o Google Allo oferece tudo o que podemos pedir de um aplicativo de mensagens: design simples, interface dividida em tela de conversas, listas de chats, ajustes e opções para personalizar conversas, trocando o tipo de letra ou adicionando stickers. A segurança (em teoria) está garantida com a codificação TLS ponta a ponta, e no caso das conversas em modo anônimo.

 

Há lugar para o Google Allo?

 

google-allo-02

 

A concorrência é feroz no setor de mensagens instantâneas, e isso é algo bem óbvio de se dizer. Basta ver como o Telegram tem dificuldades em ganhar cota de mercado, mesmo sendo melhor dentro do ponto de vista tecnológico.

O sucesso do Google Allo dependerá em grande parte da capacidade do Google em integrá-lo no ecossistema do Android e com os demais de seus aplicativos. O bot integrado é interessante, mas resta saber o que isso aportará em relação a uma busca direta com resultados enriquecidos. Veremos se novos bots que aportem mais valor nesse ponto aparecem.

O Google Allo estará disponível na Google Play e Apple Store, com download gratuito.