Para quem é músico de carteirinha, e para quem não é, as guitarras Gibson criam um fascínio ao serem exibidas e tocadas. E, para quem especialmente adora uma tecnologia muito bem empregada, fica mais fascinado ainda com as guitarras robô que eles lançam, principalmente pelo fato de que, na nossa imensa maioria, somos músicos, no mínimo, medíocres, que nunca conseguimos afinar nossos instrumentos de forma minimamente decente.

Mas este post aqui não é para fazer uma análise daqueles que sabem tocar ou não, e sim para informar que temos uma nova guitarra robô da Gibson anunciada, a Firebird X, que na verdade, não conta com um desenho tão atraente como o seu nome, mas conta com recursos muito interessantes, como reverberação, modulação, compressão, equalização e distorção, além de alguns pedais e amplificadores. Mas o nosso conselho é que você não se apegue muito à este produto, pois como é comum no mundo da música, a tecnologia mais avançada custa uma boa quantidade de dinheiro, como os US$ 5.500 que você terá que desembolsar para ter uma dessas.

Fonte