smartphone-mao-foto

De acordo com o Relatório de Inteligência da Symantec, 28% das ameaças descobertas nos últimos 12 meses rastreiam os dispositivos móveis dos usuários, e 21% deles roubam informações diversas, como mensagens SMS e coordenadas do GPS do dispositivo móvel.

O número de dispositivos que compartilham a geolocalização dos usuários e considerável. Na Google Play (por exemplo), eles representam 17% dos aplicativos presentes na loja. Além disso, a pesquisa Honey Stick, desenvolvida pela Symantec no Brasil em outubro de 2013, informa que 90% dos smartphones perdidos tiveram suas informações violadas por quem os encontrou. Mais: os dispositivos hoje contam com mais de 50% de chances de terem seus dados violados.

Para reduzir os riscos trazidos pela mobilidade e compartilhamento da geolocalização, a Symantec divulga algumas dicas de segurança aos usuários.

  • – Utilize o recurso de bloqueio de tela e determine senhas complexas;
  • – Use softwares de segurança originais, atualizados e desenvolvidos especialmente para smartphones e tablets;
  • – Na medida do possível, evite guardar informações confidenciais em seus dispositivos móveis;
  • – Realize periodicamente um backup na Nuvem ou em um disco rígido;
  • – Baixe aplicativos apenas de locais autorizados e confiáveis, como a App Store e o Google Play.

Além de oferecer, até o dia 31 de agosto de 2014, o download grátis do Norton Mobile Security com um ano de licença a partir do site: https://nortonyellowcard.com/

Via assessoria de imprensa (Symantec Brasil)