xgartner-segundo-trimestre06-1376508596.jpg.pagespeed.ic.EZAXQ3pLTn

Seja lá quais forem os planos da Samsung com o Tizen, fato é que o sucesso do Android está intimamente ligado às vendas dos smartphones da empresa sul-coreana. O último relatório trimestral da Gartner, relacionado às vendas do segundo trimestre de 2013 mostra um forte crescimento do Android, ao mesmo tempo que o iOS registra o movimento de queda.

De forma mais concreta, o sistema operacional da Google passou de 74.4% do primeiro trimestre de 2013 para os 79% (era 64.2% do segundo trimestre de 2012), enquanto que o iOS caiu de 18.2% do Q1 de 2013 para 14.2% do último trimestre (era 18.8% no segundo trimestre de 2012).

Grande parte das vendas de dispositivos Android podem ser atribuídas à Samsung, que vendeu 6.4 milhões de smartphones a mais durante o último trimestre, e elevou a sua cota de mercado para 31.7% no segmento de smartphones, que como vocês já sabem, já superou o volume de vendas dos feature phones (ou celulares convencionais). Hoje, os smartphones representam 51.8% de toda a indústria de telefonia móvel. A Gartner indica também que os modelos mais populares da Samsung pertencem ao grupo de linha média-alta (na faixa de US$ 400 nos Estados Unidos).

Outra disputa que merece nossa atenção está na terceira posição entre os sistemas operacionais móveis. A dupla Nokia/Microsoft estão obtendo êxito pelo posto #3 do mercado, mesmo com uma participação de mercado ainda muito pequena. A parceria entre finlandeses e norte-americanos resultou em um crescimento do Windows Phone no segundo trimestre de 2013, passando de 2.3% em 2012 para 3.3% nesse ano.

Em contrapartida, a BlackBerry registrou uma forte queda, saindo de 5.2% em 2012 para 2.7% nesse último trimestre, sendo agora a quarta plataforma em popularidade.

Voltando a falar dos fabricantes, a disputa segue feroz. A LG é a terceira maior vendedora de smartphones do mundo, deixando a Lenovo na quarta posição (quase que exclusivamente com suas fortes vendas na China), e a ZTE em quinto lugar (pelo mesmo motivo da Lenovo).

“E a Nokia?”, você me pergunta.

Se somarmos as vendas de feature phones e os smartphones, a Nokia assume a segunda posição da lista, deixando a Apple em terceiro. Mas como o que vale mesmo são os smartphones de verdade (e não as tentativas da Nokia em oferecer “telefones inteligentes de baixo custo e com sérias restrições técnicas”, a Nokia não figura hoje nem entre as cinco primeiras colocadas entre as vendedoras de smartphones, ficando na lista de “outros”. Quem diria…

Você pode conferir a classificação entre os fabricantes do ranking da Gartner a seguir.

xgartner-segundo-trimestre05.jpg.pagespeed.ic.VTF43UsApc xgartner-segundo-trimestre07.jpg.pagespeed.ic.cJFkypGjPB

Via Gartner