smartphones-e-tablets

O terceiro trimestre de vendas de 2015 chegou ao fim, e todos os principais fabricantes apresentaram os seus resultados financeiros. A Gartner então decidiu fazer um relatório para ilustrar tudo, e vemos que as coisas não mudaram muito: o iOS e o Android dominam o mercado, mas temos ganhos interessantes de empresas como a Huawei, e um crescimento geral do mercado.

O mercado cresceu 15.5% por conta da demanda de smartphones acessíveis, principalmente nos mercados emergentes. As vendas totais de smartphones alcançaram a marca de 353 milhões de unidades em três meses (julho, agosto e setembro), e esse número sobre para 478 milhões, se falamos de todos os tipos de smartphones.

Índia, China e Indonésia são mercados com um volume enorme de clientes em potencial, que estão trocando de smartphones constantemente. Aqui, o Android prevalece, capitaneado por marcas como Samsung ou Huawei.

gartner-smartphones-q3-2015

As marcas que operam localmente com preços muito competitivos são as que tem muito a ganhar. Nomes como Micromax, ZTE, TCL, Oppo ou BBK entram no top 10 da Gartner.

As duas primeiras posições do ranking seguem com Samsung e Apple, aumentando as vendas e mantendo as suas cotas de mercado. Atrás das duas, vemos pela primeira vez a Huawei, que experimenta rápido e interessante crescimento.

A Samsung vendeu 27 milhões de unidades no trimestre, 11 milhões a mais do que no ano passado, o que fez com que a empresa ganhasse 2.5% de cota de mercado. A Huawei funciona muito bem na China, superando a Xiaomi no país, além de experimentar um forte crescimento na Europa.

vendas-smartphones-q3-2015

A Samsung atualizou bem o seu catálogo, e teve boa acolhida. A Apple também foi muito bem, apesar de contar apenas com dois smartphones. No próximo trimestre, devem ir ainda melhor.

O Android cresceu 8.2% nos mercados considerados como “maduros”. Já nos emergentes, o sistema da Google cresceu 18.4% no último trimestre. Ou seja, o Android segue ampliando suas vendas e cota de mercado, e já é bem difícil que ele faça mais do que isso. Por outro lado, é a opção que melhor se adapta ao tipo de dispositivo vendido nos mercados emergentes.

O crescimento do iOS também é significativo, ainda mais com tão pouca oferta e preços tão altos. Já o Windows caiu mais 3%. Pior ainda é a BlackBerry, com 0.3% de cota de mercado.

Também há espaço para saber como está o mercado envolvendo qualquer tipo de telefone móvel. É interessante ver como Microsoft, LG ou outras marcas chinesas e indianas podem se meter no ranking.

worldwide-mobile-q3-2015

 

Via Gartner