A Garmin apresentou na IFA 2017 os seus novos smartwatches: Vivoactive, Vivomove e Vivosport.

 

 

O Vivoactive 3 tem formato de smartwatch com tela circular Chrome “always-on”, com autonomia de bateria de até uma semana de uso (ou 13 horas com tracking via GPS ativado), recebendo um sensor de frequência cardíaca para avaliar vários parâmetros.

O modelo também integra o Garmin Pay, permitindo assim o uso do relógio para pagar produtos e serviços. Nos EUA, custa US$ 300.

 

 

 

O Vivomove HR é voltado para quem quer um relógio mais clássico, sem GPS mas com o sensor de frequência cardíaca. Sua tela tem um pequeno touchscreen que exibe informações por cima dos ponteiros do relógio, sempre e quando for necessário.

No modo smartwatch, o produto possui autonomia para cinco dias de uso (no modo relógio, essa autonomia sobe para 15 dias). Disponível em preços que variam entre US$ 200 e US$ 300.

 

 

 

Por fim, o Vivosport é um bracelete de tracking de atividades com GPS, que recebe uma tela touchscreen always-on colorida, com preço sugerido de US$ 200.