Mais uma mostra da superação do ser humano. E mais uma prova de como os games podem impactar positivamente a vida de uma pessoa.

Sven van Wege era uma criança comum, que gostava e jogava videogames regularmente. Mas em agosto de 1992, aos seis anos de idade, ele teve um tumor frontal, que danificou os seus nervos óticos. Permaneceu no hospital por seis meses, já que também lutava contra uma leucemia.

O resultado de tudo isso? Sven infelizmente ficou cego.

Imaginem o sentimento de frustração do garoto quando ele saiu do hospital e chegou em casa, e a primeira coisa que ele tentou fazer foi sentar diante do computador para jogar, e se deu conta que isso não seria possível.

Levou algum tempo até que Sven se desse conta de que ao menos ele poderia seguir jogando os jogos de luta. No começo, ele treinava poucas horas por dia. Depois, durante meses, ele só dormia, jogava, comia, jogava, dormia, comia, jogava…

E, antes que você comece a julgar o garoto, saiba que ele não podia ir para a escola porque ele ainda estava convalescente da leucemia. Logo, os videogames tiveram um papel determinante na sua infância e, por consequência, na sua vida adulta.

Hoje, Sven participa de torneios de games de luta. E vence esses torneios.

Ele não conseguiu fundos para acompanhar a EVO 2017 ao vivo, mas é possível contribuir para que ele possa participar de futuros torneios profissionais.

Você pode até não ajudar o cara, mas vale a pena ver os vídeos que mostram a sua performance. Ele é simplesmente incrível!

 

 

 

Via Motherboard