galaxy-s7-galaxy-s7-edge

A Samsung informa que foram enviadas 10 milhões de unidades dos seus novos smartphones Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge, destruindo assim todas as previsões de vendas dos analistas, e se tornando um forte candidato a melhor smartphone de 2016 nesse aspecto.

É importante relembrar a diferença sobre a forma como os fabricantes apresentam os seus números. E o número de envios não é a mesma coisa do número de vendas. Nesse caso, a Samsung fala das unidades enviadas (shipped units), e não das unidades vendidas (sold units). Mesmo assim, os números são impressionantes. A previsão dos analistas era de que o Galaxy S7 vvenderia em torno de 7 milhões de unidades, e essa marca foi superada em quase 50%.

Os números revelados pela Samsung resultaram em um aumento do valor de suas ações em 2.4%, alcançando 50% de aumento desde o início de 2016. O número de unidades vendidas do Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge não foi revelado pela Samsung, mas apenas para colocar em perspectiva, os modelos Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge também alcançaram a marca de 10 milhões de unidades enviadas. Vale lembrar também que o Galaxy S5 levou apenas 25 dias para alcançar essa marca, algo que causou preocupação na hora de apresentar os números de vendas.

As vendas podem ser influenciadas pelo preço de lançamento do Samsung Galaxy S7, que é inferior ao do Galaxy S6, algo que a Samsung justificou por conta das mudanças realizadas em relação ao modelo anterior, que foram menores do que aquelas adotadas no Galaxy S6 em relação ao Galaxy S5. Também ajuda o fato de que, em breve, os preços dos smartphones começam a cair, como já estamos acostumados a ver no universo Android.

Via CNBC