galaxy note 7

É evidente que a Samsung cometeu um erro grave ao lançar o Galaxy Note 7 no mercado com baterias defeituosas. Porém, é preciso reconhecer o esforço dos sul-coreanos em minimizar os danos e resolver o problema, ao assumir abertamente a anormalidade e tomar todas as medidas necessárias para recuperar os modelos afetados.

Infelizmente, os usuários não estão facilitando o trabalho, já que apenas estão participando do programa de devolução e substituição iniciado pela Samsung, e não estão deixando de utilizar os seus dispositivos.

 

Mas gente teimosa tem em tudo quanto é lugar… até entre os usuários do Galaxy Note 7

O risco de sofrer uma explosão que pode ter consequências graves para a integridade física parece não assustar a muitos usuários, que preferem seguir utilizando o seu novo dispositivo antes de passar pelo programa de devolução.

 

galaxyu_note7_adoption

 

Esse tipo de atitude é inconsciente e inconsequente, liberando automaticamente a Samsung de boa dose da culpa, transferindo a mesma para o consumidor, que demonstra que prefere se expor ao risco de sofrer queimaduras graves antes de entregar o seu Galaxy Note 7 e esperar o problema aparecer, ou até aceita a devolução do dinheiro.

Ou seja, a Samsung faz o possível para resolver o assunto o quanto antes, mas os usuários não estão facilitando as coisas.

Depois não adianta reclamar.

Más información: DvHardware.