Mais uma novidade pintando, mas esta aqui é meio estranha. a Skin Safe Conductive Ink pode transferir eletricidade depois de pintar uma parte da pele de uma pessoa. Aparentemente, a corrente elétrica precisa ser baixa para funcionar adequadamente (tanto que, na foto, é usada uma bateria de 9V), porém, o potencial me parece meramente artístico. Quem iria querer usar este negócio de fato? Ah, o fabricante diz que não é tóxica esta tinta, e que é totalmente segura, sem riscos de choques.

Fonte: Conductive Skin Paint