Começamos com algo que não é propriamente um gadget, mas sim, uma revista que virou um gadget. A última edição da revista Capricho vidou um amplificador para o iPhone. Duvida? Veja a foto abaixo.

A ideia foi criada pela agência JWT, e para que isso aconteça, basta você enrolar a revista, e encaixar o iPhone, sintonizando no aplicativo da Coca-Cola FM no espaço indicado. O app está disponível para iPhone, Android e Windows Phone, e você pode acessar a plataforma da Coca-Cola FM clicando aqui.

Para os ciclistas que prezam pela segurança, o Xfire Safety pode ser uma boa pedida. Ele é um dispositivo que ilumina o trecho da rua nas laterais onde sua bicicleta está, deixando dois rastros de luz para alertar os ciclistas sobre a sua presença naquele local. Além de ser seguro, os LEDs projetados são bem legais, e funciona apenas com duas baterias AAA. Preço: US$ 40. Para saber mais e eventuais encomendas, acesse o site da Xfire.

Aqui, temos mais um produto que transforma o iPod em um iPhone. Com algumas limitações, é verdade, mas que pelo menos te permite algumas funções a mais que o seu player musical. O FreedomPop oferece 1 GB de pacote de dados por mês, para que você possa mandar e-mails e acessar o iMessage de qualquer lugar. Lembrando: isso, sem nenhum tipo de contrato. Além disso, o acesso à web é em 4G LTE, ou seja, mais rápido que o meu iPhone 4. Como nem tudo é perfeito, você não tem acesso aos serviços de voz por telefonia celular. Mas só pelo 4G, vale a pena o investimento de US$ 99 pelo case (via ReadWriteWeb)

A seguir, temos o TransPhone, que é um “primo pobre” ou “rival sem grife” do PadFone. Ele é um smartphone com a capacidade híbrida de se transformar em um tablet, sendo o típico dois em um. O telefone possui uma tela de 3.5 polegadas, processador Snapdragon S1, 512 MB de RAM e ROM, 512 MB de armazenamento interno, além de uma microSD de 32 GB e câmera de 5 megapixels. Já o tablet possui uma tela de 7 polegadas, e usa os recursos técnicos do smartphone com “cérebro”. Preço: US$ 429.99 o kit completo. Só o TransPhone custa US$ 379. (via Tablet News)

Já a Seiko aposta na força da marca Star Wars, e apresenta no Japão essa série limitada de relógios baseada no filme de George Lucas. O Seiko Brightz R2-D2 possui uma tela de 300 dpi, que pode exibir cenas dos filmes, coisa que a maioria dos outros relógios não consegue fazer. Disponível em três modelos (Darth Maul, Darth Vader e Stormtrooper), está disponível em uma tiragem que varia entre 500 e 1500 unidades, com preço inicial de aproximadamente US$ 1.800. (via OhGizmo)

Esse aqui é mais um daqueles teclados QWERTY físicos para o iPhone, que funciona através da conectividade Bluetooth. Mas a grande diferença desse para os demais é que o Keyboard Buddy é um dos primeiros compatíveis com o iPhone 5. Funciona com Bluetooth 2.0, possui a sua própria bateria, com autonomia de até duas semanas de uso com uma simples carga (recarrega via micro USB) e seu preço é de US$ 90. (via Chip Chick)

Por fim, a prova que o lixo de um homem pode ser o tesouro de outro homem. Nesse caso, o segundo homem se chama Benjamin Yates, que combinou uma porção de gadgets descartados por outras pessoas para construir essa cidade iluminada. Que ver mais? É só visitar a página de Yates e conferir os outros projetos.