android_cuota_julho

O Google publicou seus dados de distribuição das versões do Android no mercado, que mostram uma lenta mais importante redução da fragmentação do sistema operacional, um dos problemas presentes nesse software desde sempre.

O Android Lollipop estaria instalado em (quase) um de cada cinco dispositivos da plataforma, com 15,5% com a versão 5.0, enquanto que 2,6% contam com uma versão 5.1x, a mais atualizada.

O Android 4.4 KitKat ainda conta com a liderança com 39,3%, enquanto que outros 33,6% estariam gerenciados pelas versões 4.1 a 4.3 (Jelly Bean). A Ice Cream Sandwich (4.0.3 e 4.0.4) conta com 4,1% de mercado, A Gingerbread (2.3.3 a 2.3.7) fica com 4,6%. e até o sobrevivente Froyo (2.2) ocupa 3% do mercado.

Os números são menores que nos meses anteriores, mas ainda há muito o que fazer para se aproximar dos números do iOS. A Apple controla completamente a sua plataforma, o que facilita na hora de atualizar os dispositivos. Já os fabricantes de dispositivos Android precisam trabalhar par atualizar os seus dispositivos, algo que não acontece na maioria dos casos.

Não é incomum ver dispositivos com quase dois anos de vida, que custaram entre R$ 1 mil e R$ 2 mil, quase obsoletos e sem atualizações. Apenas porque os fabricantes necessitam vender mais e mais smartphones todos os anos.

O Google não é a solução nesse caso, já que é simplesmente impossível oferecer suporte direto para a diversidade de dispositivos existentes. Leve em consideração que, só em 2015, foram vendidos mais de 1.2 bilhão de smartphones com o sistema Android. Cada um deles tem ‘pai e mãe’, com interfaces de usuário e aplicativos diferentes, drivers e controladores, muitos deles sem disponibilidade pública de código.

O usuário tem muito a dizer. Escolhendo o seu modelo Android, levando em conta o suporte do fabricante, exigindo atualizações de forma muito mais rápida e cobrando um ciclo de vida mais razoável. Se nada disso resolver, você ainda pode utilizar ROMs personalizadas para manter o seu smartphone em dia, sem precisar entrar no jogo imposto por alguns fabricantes.