650_1000_pegatron-factory-workers

Todo mundo conhece a Foxconn. A fabricante, oficialmente conhecida como Hon Hai Precision Industry Co., que entre outras coisas, é parceira fundamental da Apple em vários modelos do iPhone. O que você não sabe é que essa mesma Foxconn tem em suas mãos muitas patentes de tecnologia de telecomunicações. Pois bem, segundo o Wall Street Journal, a Foxconn vendeu um conjunto de patentes com tais tecnologias para a Google, por um valor desconhecido.

O acordo reforça o próprio catálogo de patentes da Google, que há muito tempo trabalha nessa estratégia – vide a compra da Motorola -, para evitar ataques como o que a Apple está realizando contra a Samsung, e que a própria gigante de Mountain View se viu envolvida em favor de sua parceira.

De acordo com a empresa Envision IP, especializada na análise do mercado de patentes, a Foxconn foi uma das 20 empresas com mais patentes em 2013 nos Estados Unidos. Eles indicam que os asiáticos pediram 128.400 patentes nos seus anos de atividade, e que já concederam mais de 64.300 patentes em todo o planeta.

Nem Foxconn, nem Google falam sobre o acordo, mas fica clara a intensão da dona do Android de se proteger contra possíveis processos judiciais de violação de patentes e, quem sabe, contra-atacar com novos produtos ao seu já muito nutrido catálogo.

Via WSJ