A Foxconn é uma empresa que será lembrada (infelizmente) pelo elevado número de suicídios de seus empregados, e pelas formas grotescas com que tentaram acabar com estes incidentes. Mas, sem dar maiores detalhes, a companhia decidiu aumentar os salários dos seus empregados em 20%. Neste sentido, os responsáveis pela empresa explicaram que este aumento estava previsto no passado, ainda que eles não especificaram quando que seria colocado em prática.

Estes aumentos salariais, entretanto, não são raros na empresa: seus empregados tiveram aumento de 50% no passado. E isso não quer dizer muita coisa. Um empregado médio que começa a trabalhar na empresa ganha, em média, 900 yuanes mensais (ou US$ 131,8 por mês. É a metade do nosso salário mínimo, para se ter uma ideia). Se isso lhe parece pouco, deve considerar que este pagamento supera o salário mínimo interprofissional da região. Temos que ter em conta também que este salário é engordado pelos bônus que recebem os operários que fazem hora extra. Mas entendam o “engordado” como vocês quiserem, uma vez que o salário deles é menor que o nosso.

Fonte