gorilla glue - Foto enviada pelo WhatsApp ajudou a prender vários narcotraficantes

A polícia de Gales do Sul conseguiu prender um narcotraficante e várias pessoas relacionadas com tais operações, com a ajuda de uma foto enviada pelo WhatsApp, que mostrava parcialmente os dedos do criminoso.

A foto tinha qualidade suficiente para dela extrair uma digital, que contrastaram com as do suspeito pelos delitos. Com isso, a polícia prendeu 11 pessoas, entre eles o protagonista da foto.

Apenas parte do dedo estava na imagem, mas os cientistas forenses conseguiram destacar as linhas da digital para compará-las com as do suspeito preso recentemente.

Isso demonstra como a qualidade das câmeras dos smartphoens podem ajudar em âmbitos surpreendentes. Uma imagem aparentemente impossível de se relacionar com uma pessoa pode prender um criminoso, mostrando até onde uma investigação pode obter informações.

A busca de digitais é uma técnica antiga, mas o uso da tecnologia permite que a polícia fique no mesmo patamar dos criminosos, que usam essa mesma tecnologia para evitarem suas prisões.

Na operação, a polícia descobriu grandes quantidades de Gorilla Glue, um tipo de cannabis. Um dos oficiais revisou um smartphone onde apareciam várias mensagens de WhatsApp, e na imagem enviada foi possível extrair a digital que ajudou a revelar a identidade do narcotraficante.

 

Via BBC