A Força Aérea Britânica (Royal Air Force) está trabalhando no desenvolvimento de drones para batalhas, e está de olho nos gamers como futuros “pilotos”de aviões não tripulados, para missões em áreas de conflito.

Marshal Greg Bagwel é o comandante encarregado por esse tipo de operações, e afirma que o estresse de pilotar aviões não tripulados pode ser superado em várias situações ao dos aviões reais, gerando problemas de ansiedade e enfermidades derivadas da mesma.

Por isso, eles contam com problemas sérios para obter profissionais para essas missões. Logo, consideram treinar jovens de 18 ou 19 anos de idade para operar os drones, aproveitando a habilidade deles no PlayStation nos controles dos drones.

Marshal acredita que tais ferramentas serão indispensáveis no futuro, e que os gamers já estão acostumados a passar horas diante de uma tela pilotando qualquer coisa, com qualquer tipo de pressão.

Por outro lado, pode ser frustrante para um soldado experiente perceber que anos de preparação não serviram para nada.