fitbit

A Fitbit renovou a sua linha de dispositivos quantificadores, tal como esperado. Os novos produtos se aproximam da mais recente tendência de mercado: o smartwatch. São três novos modelos: Fitbit Surge – que é o que mais se aproxima de um smartwatch clássico -, o Fitbit Charge e o Charge HR – que são uma evolução dos modelos anteriores, mas com novas funcionalidades.

 

Fitbit Charge

fitbit-charge

O Fitbit Charge é uma evolução do Fitbit Force. Esse passa a ser o modelo mais básico da empresa, contando com uma pequena tela OLED que mostra as horas e os parâmetros mais básicos do exercício (passos dados, distância percorrida, qualidade do sono, etc). Como nos modelos anteriores, o Charge se conecta ao smartphone para mostrar as estatísticas do exercício, além do nome do contato da chamada recebida.

O Fitbit Charge é o suficiente para obter os dados mais básicos da atividade realizada. Seu preço sugerido é de US$ 129,95.

 

Fitbit Charge HR

fitbit-charge-hr

O Fitbit Charge HR é uma evolução do modelo Charge. Possui uma pulseira mais clássica, e conta com um medidor de ritmo cardíaco (HR – heart rate), que trabalha com a tecnologia ótica PurePulse da Fitbit. Por conta disso, é possível medir tal parâmetro de forma contínua e sem a ajuda de outros acessórios, ao mesmo tempo que melhora a medida de outros parâmetros, otimizando o treinamento.

É um modelo intermediário, com preço sugerido de US$ 150. Disponível em várias cores, vai chegar ao mercado no começo de 2015.

 

Fitbit Surge

fitbit-surge

O modelo mais avançado é o Fitbit Surge, que é o que mais se aproima de um smartwatch. Conta com as características presentes no Charge HR, com o adicional de um GPS e até oito sensores que monitoram com maior exatidão o exercício, uma tela LCD maior, que exibe mais informações (chamadas recebidas, alertas de texto, gerenciamento das músicas no smartphone, etc), com retro-iluminação.

Ele é bem diferente dos smartwatches que estamos vendo no mercado, tanto em relação ao Android Wear como no caso do Apple Watch. É bem mais limitado, mas pode ser o início do que a Fitbit pode oferecer no futuro. O modelo vai custar US$ 249,95, e também chega ao mercado no começo de 2015.

A seguir os vídeos de apresentação dos produtos anunciados.

 

Via Fitbit