fitbit-alta

A Fitbit apresenta uma nova linha de pulseiras quantificadoras, com especificações centradas nas áreas de design e da personalização. As novas Fitibt Alta herdam a tecnologia SmartTrack, reconhecendo automaticamente o tipo de exercício em execução, porém o seu chamariz é a possibilidade de trocar as pulseiras que ficam integradas na tela OLED do dispositivo.

São vários modelos, em plástico (com quatro opções de cores), além da versão de couro e em aço inoxidável. Com isso, a Fitbit Alta é uma pulseira “modular”, uma vez que a tela e a pulseira são duas partes distintas. Para acessar uma das pulseiras alternativas, o usuário paga 30 euros pelo modelo de plástico, 70 euros pela pulseira de couro, e 100 euros pela pulseira de aço inoxidável.

Mesmo sem contar com um sensor de ritmo cardíaco, ela conta com as habituais virtudes das pulseiras quantificadoras da Fitbit na monitorização de atividades físicas ou do sono, além das notificações que alertam o usuário sobre sua ociosidade.

A Fitbit Alta tem preço sugerido de 139,95 euros, e já está disponível para reserva. As primeiras unidades chegam aos usuários no mês de março.

 

Via Fitbit