Firefox-logo-style

A Mozilla anunciou que vai colocar um fim nos plugins no final de 2016. A decisão se fundamenta especialmente por razões de segurança, estabilidade e compatibilidade.

Com isso, podemos dizer adeus aos plugins NPAPI (Nestcape Plugin Application Programming Interface), com a Mozilla seguindo os passos de outros navegadores, como o Chrome e o Microsoft Edge. A decisão é acertada, mas choca abertamente com a ideia de manter o Adobe Flash Player.

A Mozilla justifica a permanência do Flash Player no Firefox por considerar o mesmo uma parte importante da internet, ainda que em teoria eles trabalhem para melhorar sua estabilidade e segurança. Uma declaração bem intencionada, mas que não sabemos direito quais são os efeitos práticos. Lembramos que o movimento tem uma consequência importante: todos que utilizam o Java ou o Silverligh devem buscar alternativas para que os seus serviços não fiquem sem suporte nos principais navegadores do mercado.

Via NextPowerUP!