Durante a Mobile World Congress 2012 em Barcelona, o pessoal da Mozilla surpreendeu a todos ao apresentar um novo sistema operacional móvel que eles estavam desenvolvendo, chamado Boot2Gecko. Pois bem, o Boot2Gecko foi rebatizado, e agora se chama Firefox OS, e foi visto em novas fotos.

Seus responsáveis sabem que é muito difícil fazer com que o Firefox OS cause um grande impacto em um mercado dominado pelo Android e o iOS, além de contar com a promessa do Windows Phone se tornar o terceiro sistema móvel dominante do mercado. Por isso, a Mozilla foca o seu sistema nos mercados emergentes, apostando em smartphones baratos e de linha baixa, para assim ganhar popularidade e, aos poucos, ir se expandido até chegar aos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Inicialmente, os smartphones com o Firefox OS serão lançados no Brasil, e isso, até o final do ano de 2012 ou, no máximo, no começo de 2013. O Firefox OS é um sistema bem simples, mas não deixa de contar com uma interface muito agradável e fluída. Os seus responsáveis esclarecem quais são as metas que eles desejam alcançar com este sistema operacional:

“Queremos criar um sistema operacional ágil, que seja muito fácil de utilizar, e que qualquer desenvolvedor pode modificar ao seu gosto. Isso fará com que apareçam várias distribuições, e essa ideia nos empolga.”

Segundo foi explicado, o Firefox OS se divide em três partes: a primeira, chamada Gonk, que é uma capa de abstração para o hardware; a segunda, é uma ponte do Gecko ao Gonk, e a terceira recebe o nome de Gaia, sendo esta a interface que o usuário vai ver e interagir.

Todo o Firefox OS é baseado em HTML 5, Javascript e CSS, ou seja, totalmente baseado nos principais elementos da web, oferecendo assim a agilidade, rapidez e fluidez desejada. Sem dúvida, essa é uma grande aposta, que nós brasileiros vamos ver em primeira mão.