fiber-phone-google

Alguém ainda usa o telefone fixo nos dias de hoje?

A maioria dos geeks conectados ou adeptos da tecnologia móvel não dependem mais desse modo de comunicação. E conheço muita gente que só tem um telefone fixo em casa porque é obrigado, porque está integrado em um pacote com internet banda larga fixa e TV por assinatura. Mas a verdade é que muita gente simplesmente não se importa mais com o telefone fixo. Ou até aceita, com um desconto (ou de graça, como foi o meu caso, já que também vivo de ilusões).

Mesmo assim, o Google entende que ainda existe espaço para esse mercado, com o lançamento do Fiber Phone, o telefone fixo no estilo da gigante de Mountain View. E quando falamos isso, queremos dizer que o seu fixo não será restrito à residência do usuário: ele será baseado na nuvem, para que a linha possa ser utilizada em qualquer dispositivo, fixo ou móvel, e em qualquer lugar.

O Fiber Phone é unido de forma indispensável à rede de fibra ótica do Google, mas não será um telefone fixo a vida toda. A empresa oferece uma caixa que, conectada ao roteador, fará o papel de telefone fixo. Nela, é possível conectar um aparelho fixo ou móvel para realizar chamadas via VoIP.

A tarifa do Google Fiber é de US$ 10 mensais para chamadas ilimitadas dentro dos Estados Unidos. Além das chamadas são adicionadas funções adicionais, como a de bloquear chamadas recebidas, um modo ‘não perturbe’ ou a possibilidade que as mensagens de voz sejam transcritas em um e-mail ou SMS.

Via Google