Raymond Tomlinson

Ray Tomilson, também conhecido como o pai do correio eletrônico (ou e-mail), faleceu aos 74 anos de idade.

A notícia foi dada por outro ilustre da internet atual, Vinton Cerf (co-desenvolvedor dos protocolos de transmissão TCP/IP) em sua conta no Twitter, que lembrou a contribuição essencial do amigo ao desenvolvimento da web, além dos trabalhos que fizeram em conjunto na década de 1970.

Foi então que Ray Tomilson lançou o que os especialistas definem como ‘o killer app da era da ARPANet’, e que segue indispensável nos dias de hoje. Até então, as mensagens de um usuário para outro não saíam do computador. Em 1971, Tomilson se transformava na primeira pessoa a enviar uma mensagem de um computador para outro. Conseguiu isso depois de combinar duas de suas criações prévias: a CPYNET, para enviar arquivos para diferentes computadores, e o SNDMSG, para enviar mensagens para diferentes terminais de um mesmo computador.

Tomilson também desenvolveu o sistema de envio (para) e recepção (a partir de) típico dos e-mails, assim como o primeiro aplicativo de usuário, além de resolver a identificação dos contatos externos com o antigo símbolo da arroba (@), utilizado em um passado remoto como a abreviatura de uma preposição, como medida de peso em outras culturas, mas que hoje é absolutamente popular por conta do e-mail e outros canais de comunicação.

Entre os muitos reconhecimento que Ray Tomilson recebeu, destaca-se a sua inclusão no Internet Hall of Fame em 2012 e o Prêmio Príncipe das Astúrias, que em 2009 dividiu com Martin Cooper, inventor do telefone móvel.

Via Business InsiderTwitter (Vint Cerf)