FairPhone

Já conhecemos o FairPhone 2, um smartphone que apareceu como o sucessor da primeira versão desse dispositivo fabricado com materiais totalmente livres de conflito, e que oferece uma retribuição justa para quem investiu direta ou indiretamente em sua fabricação.

Obviamente, isso tem uma consequência: o produto final é caro em relação às suas especificações, principalmente quando comparamos com modelos clônicos fabricados na China. Mas o mesmo ocorre quando compramos alimentos ou produtos de entidades de comércio justo, e não só pelo custo dos materiais, mas também pela retribuição justa a todos que contribuíram com o produto.

Tal modelo foi incluído entre aqueles que contam com um processo de desenvolvimento e implementação do Ubuntu Touch, o conhecido sistema operacional da Canonical. Por enquanto, o projeto está em fase bem inicial e menos avançada que os demais. Porém, é uma ótima notícia de qualquer forma.

Não está claro se eles vão aproveitar a MWC 2016 para apresentar novos detalhes do projeto, mas é possível acompanhar a evolução do mesmo nesse link.

Via Softpedia