satélite

O Facebook chegou a um acordo com a empresa Eutelsat, que prevê o lançamento de um satélite que vai oferecer internet de graça à África em 2016.

O satélite será capaz de oferecer a conexão de internet diretamente para o usuário, conectando inclusive os habitantes que vivem nas partes mais remotas da África. A conexão será subsidiada pelo programa Internet.org, alvo de críticas e questionamentos pelos defensores da neutralidade da rede.

O cenário adverso fez com que o Facebook reformulasse os termos do Internet.org por duas vezes. Além do satélite, a empresa de Mark Zuckerberg também pretende levar internet aos refugiados através de drones.

As duas iniciativas são muito positivas, e o acesso à internet é um direito fundamental. Porém, o Facebook terá que cumprir com a neutralidade da rede para oferecer um serviço útil e honesto. Além disso, suas iniciativas não vão permitir que as pessoas possam ver vídeos do YouTube a 720p, mas ao menos é um começo.

Via Eutelsat