Agora, vamos falar dos demais lançamentos da Sony na linha de TVs. Para isso, a Sony se baseou em 4 pilares básicos para oferecerem produtos competitivos aos clientes: conectividade, design, qualidade de imagem e som e eficiência ecológica (ou eco).

Conectividade. A primeira, e na minha opinião, mais interessante delas, é o recurso de Internet Video. A Sony criou um sistema onde o usuário busca as palavras-chave do conteúdo que se quer assistir, esses dados vão para os servidores da Sony, são repassados novamente para a TV do usuário (para identificar se o serviço e o termo buscado são compatíveis com o sistema da Sony), enviados para os provedores de conteúdo de vídeo, e devolvidos ao usuário, em questão de segundos. A Sony criou um layout próprio para este sistema, deixando sua visualização mais cômoda e prática ao usuário. Além disso, o usuário não estará conectado à web, e sim aos serviços que possuem parceria com a Sony, deixando o acesso à este conteúdo mais eficiente.

A grande novidade disso é que todos os produtos da linha 2010 terão o recurso de Internet Video, além de trazer conteúdos de mais de 20 provedores, incluindo parceiros locais, como SBT, iG, UOL e Terra. Outros parceiros são prometidos pela Sony ao longo de 2010.

Além disso, com o recurso de DLNA, o mesmo conteúdo multimídia exibido em um produto Sony pode ser replicado em vários outros produtos, sem a necessidade de cabos, bastando apenas um roteador instalado, inclusive vídeos em Full HD. Um diferencial interessante para quem não quer quebrar a casa com cabos, e mais econômico (o preço de um roteador contra as despesas de um pedreiro na sua residência).

Design. A sony apresentou uma nova proposta de design, baseado em um estudo que detectou que, se a TV ficar posicionada em um ângulo inclinado de 6 graus, o usuário terá um maior conforto e mais tempo diante da TV. Além disso, a Sony propõe que a TV, quando desligada, dependendo do ambiente, que ela seja um elemento de decoração da casa, sendo visualmente atraente para quem estiver no ambiente, mesmo desligada.

Qualidade de imagem e som. A Sony traz dois conceitos de tecnologia em LED. A EDGE LED, onde os led’s estão posicionados na borda do LCD, e a LED Local Dimming, onde os led’s estão em toda a tela de LCD. As novidades garantem um menor consumo de energia e uma maior durabilidade do produto. Também foi falado do Bravia Engine 3, que conta com conversor com filtro em 3D, redutor de ruído em 3D e aumento no nível de contraste, deixando na tela uma imagem limpa e plena. Também falam do recurso MotionFlow 480 Hz, que melhora a qualidade do MotionFlow 120 Hz, tendo uma taxa de 240 FPS.

Por fim, eficiência de consumo de energia. Os novos modelos contam também com sensor de presença, que identifica quando um usuário está na frente da TV. Se não há ninguém, ela desliga a tela da TV, deixando apenas o som ligado. Isso se faz pelo recurso de detecção de rostos, que funciona com o sensor de presença localizado na parte de baixo do televisor. Além disso, elas contam com alerta de distância, pensado nas crianças da sua casa. Caso um de seus filhos (ou qualquer pessoa) se aproxime demais da tela, a tela se desliga automaticamente, evitando assim que seu pimpolho tenha problemas futuros.