A Apple está prestes a anunciar aquele que pode ser o maior lançamento de 2012 entre os eletrônicos de consumo, mas de acordo com um estudo realizado recentemente pela YouGov, quem faz mais barulho entre os consumidores é a sua principal rival, a Smasung.

Os dados levantados pela empresa de pesquisas da Califórnia comparam a percepção do público em relação às duas empresas, e mesmo com um resultado amplamente desfavorável no julgamento da “guerra das patentes” no tribunal norte-americano, a Samsung ultrapassou a Apple em visibilidade junto aos “early adopters”, ou seja, aqueles usuários que compram um novo produto no ato do seu lançamento. Além disso, os dados revelam que a visibilidade dos produtos da fabricante sul-coreana aumentou no grupo de consumidores com idades entre 18 e 34 anos.

O YouGov perguntou aos consumidores se eles “ouviram alguma coisa sobre as duas empresas nas duas últimas semanas, como notícias, ações de propaganda, ou em comentários com amigos”, e a evolução dessas respostas determinam o “buzz” que uma empresa está fazendo no momento. De acordo com os resultados, a Samsung teve um expressivo aumento de atenção para os “early adopters” nos últimos 4 meses, e isso só aumentou depois do veredito anunciado no dia 24 de agosto, pelo tribunal da Califórnia.

A visibilidade da Samsung também aumentou de forma considerável com o grupo de consumidores entre 18 e 34 anos, como mostra o gráfico acima. De acordo com os dados do YouGov, mesmo perdendo a ação para a Apple, e apesar da proximidade do lançamento do iPhone 5, o barulho que a fabricante sul-coreana faz com os seus novos lançamentos é, no momento, a maior registrada em todo o ano. Mais do que em qualquer momento da Apple em 2012. Lembrando que os estudos aqui destacam o grupo de usuários considerados “adeptos das primeiras tecnologias e lançamentos” e o grupo economicamente ativo mais relevante no mercado atual. Os outros grupos de usuários (aqueles que adquirem os seus produtos depois de alguns meses do lançamento, ou com faixa etária de 35 anos ou mais) não foram destacados na análise.

Mas esses números certamente vão mudar a partir de hoje (12), com o lançamento do novo iPhone. É praticamente certo que a Apple vai monopolizar as atenções no dia de hoje, com o lançamento do esperado (e atualizado) telefone. Esperamos ver esse estudo atualizado daqui a algumas semanas.

Via BGR.com