estudo-eua-iphone-samsung

Não é novidade para ninguém que Apple e Samsung vivem uma batalha épica pelo domínio do mercado mobile, e que as duas empresas fazem de tudo para turbinar seus dados. Porém, até agora, ninguém sabia de forma muito clara qual era a origem dos usuários dos smartphones de cada fabricante. Um estudo recente realizado nos Estados Unidos revela dados muito interessantes sobre o comportamento dos usuários de smartphones naquele país.

O estudo foi realizado pela CIRP (Consumer Intelligence Research Partners), e mostra o índice de fidelidade das marcas, e a sua capacidade de retenção de usuários. Nesse sentido, 42% dos usuários do iPhone entre julho de 2012 e junho de 2013 já tinham um iPhone antes, enquanto que a Samsung se alimenta mais de outras marcas. 43% dos proprietários de um smartphone dos sul-coreanos no mesmo período já estavam no Android, mas não utilizavam necessariamente um produto da empresa.

No quesito “roubo de usuários”, a Apple aproveita melhor esse expediente, capturando 33% dos usuários da Samsung, enquanto que os coreanos conseguiram apenas 11% dos cliente dos norte-americanos.

O estudo detalhado da CIRP também perguntou aos usuários sobre o perfil de uso por marca, e conclui que os proprietários do iPhone nos EUA contam com um maior poder aquisitivo e nível de estudo superior que os proprietários de smartphones da Samsung. Para ler o estudo completo, clique aqui.