plastico-regenerativo

Na semana passada, comentou-se na internet sobre a descoberta de um novo polímero plástico capaz de se regenerar a uma velocidade 100 vezes superior aos materiais conhecidos até agora. A revista Nature publicou um vídeo onde é possível ver esse processo de “cura” no microscópio.

O polímero se baseia em um sistema que não é muito diferente dos seres vivos. A lâmina de polímero está cercada por uma rede de microcanais com dois líquidos. Quando acontece uma ruptura ou um corte, os condutos se rompem e “sangram”, e os dois líquidos se misturam. As propriedades desses polímeros permitem que o líquido siga fluindo até fechar completamente o corte.

Ainda que esse tipo de material ainda leve um tempo para chegar ao mercado, esta é a primeira vez que um composto é capaz de se regenerar tão rápido, e em rupturas muito maiores. Entre as suas utilizações, poderá estar presente no desenvolvimento de materiais de segurança para a indústria aeronáutica.

Vídeo a seguir.

 

Via Nature