iPhone

 

A Apple decidiu que é a hora de oferecer as suas máquinas reparadoras de iPhones nas lojas de terceiros, com planos de compartilhar 400 máquinas Horizon em 25 países ao redor do mundo até o final de 2017.

Dessa forma, a empresa consegue reduzir consideravelmente os tempos de reparação dos seus telefones, diminuindo o tempo de espera na substituição ou reparação da tela do iPhone.

Um teste piloto está acontecendo há um ano com um pequeno número de postos de venda recebendo essas máquinas. Uma das primeiras grandes parceiras anunciadas é a Best Buy, que já conta com uma máquina dessas em Miami.

Londres, Cingapura e Xangai são outras cidades que contarão com uma Horizon, enquanto de países como Colômbia e Coreia do Sul também devem se beneficiar dessa tecnologia.

 

 

Esta máquina automatizada é capaz de comprovar o bom funcionamento da tela do iPhone, verificar a tecnologia 3D Touch ou até calibrar o botão Iniciar, estabelecendo a correta leitura das digitais, algo bem mais complexo do que simplesmente substituir uma tela.

Por muito tempo a Apple manteve essa máquina quase em segredo, mas finalmente entendeu que é muito mais prático expandir seus conhecimentos e facilitar os reparos.

Não é apenas uma questão de calendário, mas também de economia: a Apple poderia reduzir seus custos de reparação em US$ 1 bilhão com esse movimento.

Se as primeiras 200 máquinas distribuídas oferecerem bons resultados, o número pode dobrar em 2018.

 

 

Via 9to5mac, (2), Reuters