A ESPN Brasil lançou oficialmente a Rádio ESPN, que é mais uma de suas iniciativas para consumo de conteúdo esportivo em suas plataformas. A rádio estará disponível no site da ESPN Brasil, e em breve, nos aplicativos móveis para iOS e Android da emissora.

Com o fim da parceria da ESPN com a rádio Estadão, foi necessária a busca de uma nova alternativa para dar continuidade ao projeto bem sucedido da rádio esportiva com a marca ESPN no Brasil. E a alternativa mais viável nesse caso é aproveitar a estrutura já montada para lançar a rádio via internet. Em informes não oficiais, a ESPN Brasil procurou outras emissoras de São Paulo para montar uma nova parceria, e até mesmo comprar uma das faixas disponíveis para transmissão de radio em AM ou FM. Porém, a escolha pelo formato da internet acabou sendo a mais viável e, ao meu ver, vantajosa.

Mesmo sendo uma rádio de São Paulo, a finada Estadão/ESPN era acessada via internet por todo o país, tanto pelo site quanto pelos aplicativos móveis. Ou seja, a Rádio ESPN, na prática, vai manter boa parte do seu público que já ouvia o seu conteúdo via streaming. Além disso, a emissora poderá se focar em 100% nos principais produtos da marca ESPN: esportes e entretenimento.

A proposta da Rádio ESPN é oferecer uma programação diferenciada, não apenas se focando no futebol brasileiro e internacional, mas também nos esportes americanos, que é um dos principais produtos dos canais ESPN. Nessa primeira etapa, a Rádio ESPN oferecerá os seus programas no formato de podcasts, alguns deles seguindo a proposta dos programas do canal de TV (como o Futebol no Mundo, por exemplo), e outros segmentados em alguns esportes (como a NFL, o MMA, a NBA, etc). Até o final de semana, os links para download desses podcasts via iTunes estarão disponíveis no site da rádio.

Com o início dos campeonatos estaduais de futebol e a fase de oitavas de final da UEFA Champions League (exclusiva no rádio), a Rádio ESPN terá uma programação de 24 horas, com grade linear e transmissão de jogos do Brasil e do exterior, além da transmissão dos eventos norte-americanos já exibidos pelo canal. A ideia da ESPN Brasil é, no futuro, expandir essa proposta para uma rede de emissoras, permitindo assim que sua programação seja ouvida por todo o país, pelo rádio e pela internet.

Acesse a página da Rádio ESPN: espn.com.br/radio