escolherr-laptop

Antes de comprar um notebook, você deve considerar várias coisas. Hardware, suporte do fabricante, design, sistema operacional, etc. O melhor computador portátil para você não é aquele que tem o preço mais elevado ou as especificações mais completas. Você pode economizar muito dinheiro se souber identificar suas necessidades antes de tirar o cartão de crédito da carteira.

Nesse post, revisamos algumas dicas consideradas essenciais para fazer a melhor escolha.

 

Os primeiros passos

O primeiro filtro para escolher um portátil consiste em identificar o tipo de uso que vai dar ao produto. As perguntas a seguir podem te ajudar:

– Quer um modelo para jogos?
– Quer um modelo para atividades básicas (navegar na internet, usar editores de texto e planilhas, etc)?
– Quer um modelo para tarefas de edição (fotos e vídeos)?
– Quer um modelo para compilar códigos?
– Quer um modelo para ser uma extensão do PC da sua casa?

Analise os usos, e quando sua utilidade estiver bem definida, a parte técnica precisa ser priorizada. Procure por reviews em canais do YouTube ou sites especializados (como o TargetHD) para ler as últimas notícias e dicas de compras sobre os diferentes produtos apresentados quase todas as semanas. Procure ficar atualizado sobre o assunto.

 

Os formatos de portáteis

Positivo Duo (1)

As coisas mudaram muito. Existem várias categorias entre os computadores portáteis, que podem ser determinantes na hora da compra. É importante decidir se você quer apostar nos novos formatos, ou deseja algo mais tradicional. Hoje, podemos encontrar:

– Ultrabooks: portáteis leves, finos, com ampla autonomia de bateria e com um formato clássico.

– Híbridos: podem ser utilizados no modo tablet ou como um notebook clássico, também com boa autonomia de bateria e hardware similar ao do ultrabook.

– Notebooks clássicos: são os portáteis que já conhecemos, que hoje são muito mais finos e leves, mas aos poucos estão desaparecendo. Em muitos casos é o formato ideal para certas modalidades profissionais, dependendo de suas necessidades.

 

Tamanho e peso

Buscamos um computador portátil, logo, pensar no espaço que há na mochila e no peso que você vai carregar é importante. Se você se desloca diariamente ou viaja muito, os tamanhos ideais variam entre as 11 e 15 polegadas de tela. Acima disso, não faz muito sentido. Porém, tudo depende do estilo de uso de cada um.

 

Processamento

Hoje, os processadores são desenvolvidos para oferecer um desempenho impecável e consumir a menor quantidade de energia possível. Talvez os mais populares são os da família Intel Core (Haswell, de quarta geração), mas a maioria dos fabricantes estão realizando trabalhos impressionantes nos quesitos desempenho e autonomia. Vide a última geração do MacBook Air, que permite uma autonomia de uso de uma jornada de trabalho completa longe da tomada.

A escolha do processador vai variar em função do uso que você vai dar ao produto. Normalmente um Core i3 oferece o necessário para as tarefas básicas e um pouco mais. Porém, o melhor é sempre ter uma sobra, sem falar que você precisa combinar o processador com outros aspectos, como RAM e armazenamento.

Outro aspecto importante é a escolha entre gráficos integrados ou dedicados. A escolha também está ligada às necessidades do usuário já citadas nas perguntas do começo do post. O ideal é sempre contar com gráficos dedicados, porém os gráficos integrados cobrem a maioria das necessidades do usuário médio.

 

SSD obrigatório

kingston_ssdnow_v100_64gb

As unidades SSD ainda são caras, mas esta é a melhor opção para o seu futuro portátil, principalmente no quesito desempenho. Mesmo com uma capacidade de armazenamento menor que os HDs, você pode acumular sem problemas 100 GB adicionais na nuvem utilizando serviços como Google Drive, Dropbox ou OneDrive.

A fluidez e a performance otimizada dos aplicativos e do sistema operacional como um todo, além da maior segurança dos dados armazenados em uma unidade que não conta com partes móveis são motivos mais justificáveis para realizar o investimento.

 

Autonomia de bateria é tão importante quanto o processador

Bateria

Se queremos um computador portátil, é porque queremos levar o produto para qualquer lugar, e em muitos casos, longe de uma tomada. Não faz muito sentido comprar um notebook se em 80% do tempo você vai depender de uma tomada elétrica para não perder o seu trabalho.

Hoje, muitos portáteis oferecem uma boa autonomia de uso, mas é recomendado dar uma olhada naquilo que o fabricante informa sobre esse aspecto, e analisar muito bem o tipo de uso que vai ser dado ao produto. Você não pode exigir 10 horas de autonomia de uso para um notebook na sua capacidade máxima de uso. Além disso, verifique o grau de dificuldade para a troca da bateria, não só pela manutenção, mas também pela necessidade de adicionar uma bateria extra.

 

Detalhes e mais detalhes

manutencao-notebook

É muito importante o seu futuro portátil ter um certo grau de atualização, que seja simples de ser reparado, que ofereça um acesso simples ao disco rígido, entre outros aspectos técnicos para dar uma sobrevida ao produto. Por outro lado, analise o nível de suporte técnico do fabricante. Sempre vale pagar um extra pelas melhores experiências de suporte técnico. Se você puder ampliar a garantia do produto, melhor ainda.

Antes de se aventurar na compra do novo equipamento, é recomendável que (sempre que possível) você visite as lojas e teste os diferentes produtos que você está cogitando. Analise itens como portas de acesso, a comodidade do teclado, a qualidade da tela, entre outros itens. E depois de analisar todas as ofertas do comércio físico e virtual, ainda verifique a possibilidade de importar ou aproveitar alguma promoção relâmpago em lojas especializadas de sua confiança.

 

O veredito

Seguindo essas dicas, as chances de você ter uma experiência negativa no processo de compra são muito pequenas. A dica final? Pare de pensar em comprar sempre o que há de mais top no mundo da tecnologia. Pensando assim, você não compra nada. A tecnologia é assim mesmo: o avanço é rápido demais, e qualquer portátil que você comprar hoje, por mais novo que seja, fica para trás em poucos meses.

O mais importante é você analisar o nível de atualização que o produto que você compra hoje possui, se o suporte da marca é confiável, e se o produto atende as suas necessidades atuais.