smartphones

Não é uma tendência passageira. A Counterpoint afirma que os smartphones sem bordas na tela serão o padrão em um futuro muito próximo.

Fabricantes como Samsung e LG estão atuando como “influencers” para as demais marcas, sem falar que ambas são fabricantes de telas, sento também fornecedores para outros fabricantes.

Com Samsung e LG fabricando telas OLED pensadas em smartphones sem bordas e com outras gigantes como Japan Display e Foxconn apostando no segmento, é estimado que em 2017 serão comercializados até 115 milhões de smartphones sem bordas até o final do ano.

 

 

Comparado com 2016, o salto é gigantesco, já que no ano passado foram comercializados 800 mil smartphones sem bordas de tela. Basicamente foram as vendas do Xiaomi Mix.

Com um mercado ajudado pelo Galaxy S8, LG G6 e outros, esses números vão disparar no final de 2017, e em 2018 devem se consolidar em definitivo.

A Counterpoint prevê que o mercado de smartphones sem bordas deve superar as 360 milhões de unidades comercializadas em 2018. Considerando a marca de 1.5 bilhão de dispositivos vendidos, podemos dizer que no ano que vem 20% das vendas serão de telefones sem bordas de tela.

Vamos seguir acompanhando as vendas dos fabricantes, para verificar se a curva real desvia muito da prevista. Mas fato é que não são poucos os alertas de que teremos mais e mais lançamentos de smartphones sem borda, com novos sistemas de leitor de digitais (alguns deles abaixo da tela).

 

Via Counterpoint