eelo

eelo. Esse é o curioso nome de um novo sistema operacional móvel baseado no Android, que promete uma experiencia de uso extremamente privada e livre de aplicativos e serviços da Google.

A startup por trás do projeto foi fundada por Linux Gaël Duval, criador do Linux Mandrake. O objetivo aqui é oferecer uma alternativa ao omnipresente sistema operacional da Google.

Tal e como fez com o Mandriva, o desenvolvedor francês investiu no projeto, para oferecer o eelo como alternativa para as pessoas que estão preocupadas com a sua privacidade digital, e que querem deixar de ser “um produto da Google”.

O projeto foi lançado em campanha de crowdfunding no Kickstarter, e busca fundos para chegar ao mercado. O eelo será um sistema operacional de código aberto, e sem fins lucrativos.

 

 

Os patrocinadores do projeto receberão uma ROM para flashear os seus smartphones e tablets Android com o eelo. Quem investir US$ 1.200 vai receber um smartphone de linha média com o software pré-instalado. Quem investir o dobro do valor recebe um smartphone top de linha.

Outros itens como adesivos, roupas e garantia de nome imortalizado na parede digital de colaboradores do eelo (se quiser) também estão disponíveis em diferentes níveis de patrocínio.

O eelo deve chegar aos seus patrocinadores no meio de 2018. Sua launcher, a BlissLauncher 2 é uma versão do Android sem Google, e a campanha no Kickstarter visa obter recursos para a criação de serviços web alternativos.