edward-snowden

Edward Snowden falou em uma conferência em Barcelona (Espanha) sobre a privacidade da Apple, onde a empresa se comprometeu a não negociar sobre a coleta dos dados pessoais dos seus usuários.

O site TechCrunch perguntou para Showden se Tim Cook estava sendo ‘genuíno e honesto’, depois dele acusar a concorrência de ‘construir seus negócios baseado no adormecer dos seus clientes e na complacência sobre a sua informação pessoal’, depois que a Electronic Frontier Foundation deu a pontuação máxima para a Apple no prêmio Electronic Privacy Information Center, que avalia as empresas de acordo com as respostas às petições das instituições governamentais.

Resposta de Snowden:

Penso que no cenário atual, não importa se ele (Tim Cook) está sendo honesto ou não. O que realmente importa é que ele está dando um incentivo óbvio para se diferenciar dos concorrentes como o Google. Mas se ele faz isso, se dirige o modelo de negócios da Apple a ser diferente, ao dizer ‘não vamos negociar a venda de informações, pois estamos nesse negócio para criar e vender dispositivos que são superiores’, então é algo bom para a privacidade, e bom para os clientes.

Além de elogiar a política de privacidade da Apple, Snowden também falou da importância que tem a gigante de Cupertino com essa postura, explicando que é possível apostar na satisfação do cliente sem ter que comprometer a sua informação pessoal, oferecendo o que ele realmente quer.

Por fim, Snowden afirma que se a Apple não cumpre com esse compromisso, ela receberia um duro golpe ao trair a confiança depositada pelos seus clientes.

Apesar do prêmio concedido para a Apple, isso não cubre as carências técnicas de seus produtos, com problemas graves como o do iCloud (apesar que os usuários também levam a culpa nesse aspecto) e a péssima gestão do Rootpipe no OS X.

Via TechCrunch