case anti espionagem edward snowden

O Media Lab do Instituto Tecnológico de Massachussets foi o local escolhido para que Edward Snowden e o hacker Ander Huang “Bunnie” apresentassem um case para iPhone que detecta todos os sinais que saem do dispositivo, alertando se há algum comportamento suspeito.

Mais que um case, o dispositivo lembra uma bateria externa, cobrindo toda a superfície traseira do dispositivo. Também possui uma tela monocromática na parte traseira, que monitoriza o status do dispositivo, avisando se há alguma conexão anormal.

O acessório é pensado para evitar que um software malicioso acesse as câmeras e o microfone sem o conhecimento do usuário. Atua como um oscilômetro, que monitora todos os sinais que saem do dispositivo, detectando quando ligam o GPS de forma autônoma, soando um alerta para que o usuário tome as medidas pertinentes.

case anti espionagem edward snowden 02

Seus criadores afirmam que o acessório é muito mais confiável que o atual modo avião dos smartphones, e até que uma bolsa de Farday. Além disso, é mais cômodo, pois dispensa o uso de conexões para o seu funcionamento.

O case se conecta ao iPhone através do slot SIM para detectar os sinais em funcionamento, o que obriga o deslocamento do chip no dispositivo. Por enquanto, este é um conceito que sequer tem protótipo, mas eles esperam desenvolvê-lo ao longo de 2017, para iniciar a produção em um momento posterior.

Via Wired