e3-2016-logo

A E3 2016 foi carregada de novidades, algumas delas específicas na parte de hardware, vindas das gigantes do setor.

A Microsoft apresentou um novo Xbox One S e antecipou detalhes do Project Scorpio (nome provisório do novo console em desenvolvimento). A sony não revelou muitos detalhes sobre o PS4 NEO, versão melhorada do PS4 que foi confirmado dias antes do evento. E a Nintendo foi a mais conservadora, respeitando o ciclo de vida do Wii U, deixando as novidades do Nintendo NX para um momento posterior.

 

Microsoft mira para um futuro a médio e longo prazo

xbox-one-s-02

A Microsoft apresentou o Xbox One S, versão compacta e mais leve do console atual, que chegará ao mercado em agosto de 2016. O novo design, graças ao novo processo de fabricação da AMD, reduz suas dimensões em 40% em relação ao modelo original, incorporando em seu interior a fonte de alimentação e a possibilidade de posicionamento na vertical. Além disso, o Xbox One S oferece suporte para vídeos em 4K, HDMI 2.0a e HDR, além do controle passar a incorporar conectividade Bluetooth.

Para o futuro, a Microsoft prepara o Xbox Scorpio, que contaria com 6 TFLOPs e 8 núcleos de CPU, além de suportar jogos em 4K e realidade virtual. O novo console seria, segundo a Microsoft “uma inovação de hardware que não compromete a compatibilidade”, nem adiante, nem depois. Tudo dependeria da boa vontade dos desenvolvedores.

 

Sony, e o seu ciclo de vida dos seus consoles

ps4

O PS4 NEO não será um substituto do PS4, mas sim uma alternativa para os seus jogadores. As especificações não foram oficialmente reveladas, assim como sua data de lançamento. Porém, o produto abre a porta para um futuro onde os consoles poderão ser atualizados com o passar dos anos, com o uso das novas tecnologias do momento, criando um conceito de um console que permanece ativo por oito anos ou mais.

 

Nintendo, olhando para o futuro sem se esquecer do presente

nintendoe3

A Nintendo não pensa em abandonar os seus atuais consoles, Wii U e 3DS, que seguem recebendo jogos em 2016 e 2017. Aqui, está claro que eles querem garantir que o Nintendo NX seja um acerto, de modo que conhecemos poucos detalhes técnicos. Ao menos sabemos que receberá na época do seu lançamento jogos como Just Dance 2017 ou o novo Zelda: Breath of the Wild, que também estará disponível para o seu predecessor.

 

Conclusões

A E3 2016 deixa claro que o conceito de ciclo de vida dos consoles mudou para sempre, abrindo o debate se isso será bom ou ruim para os gamers. Do ponto de vista tecnológico, o novo hardware vai permitir executar jogos com maior nível técnico, mas também obriga o usuário de console a realizar um importante investimento em um tempo cada vez menor, além de desvalorizar mais rápido os modelos antigos.

A corrida técnica iniciada pela Sony com o PS4 NEO fez com que a Microsoft lançasse dois consoles. A Nintendo mantém a sua estratégia de apostar na diferenciação e se antepor à jogabilidade sobre qualquer outro fator, mas será que isso é suficiente para consolidar o seu novo console?

Soma-se a tudo isso à incipiente chegada da realidade virtual, e os games contam com um cenário espetacular para a próxima geração.