650_1000_firefoxos-2-0-2

Nessa semana, um blog de desenvolvedores da Mozilla apresentou as primeiras imagens capturadas da futura interface do Firefox OS 2.0. Na Mobile World Congress 2014 em Barcelona, eles já avisaram que as mudanças estéticas seriam parte fundamental dessa nova versão do sistema operacional.

O novo design demonstra um grande esforço para se adaptar aos novos tempos, além de lembrar uma certa plataforma que recentemente também passou por uma mudança de design. Você consegue imaginar qual é??? #PenseDiferente

Os bons artistas copiam, os grandes roubam

É óbvio que estamos falando do iOS 7 da Apple, que entrega uma radical mudança no seu aspecto visual. Muitas das ideias de design do Firefox 2.0 parecem ter sido migradas de forma inescrupulosa do iOS 7.

650_1000_firefox-os-2-0-4

É provável que essa decisão tenha sido tomada de forma totalmente intencional, e que a Mozilla considere que ter uma aparência similar ao dos dispositivos da Apple possa lhe dar uma vantagem no futuro. Afinal de contas, migrar para uma interface visualmente conhecida é mais fácil quando alguém precisa trocar o seu smartphone mais caro por um mais barato. Ou até mesmo comprar o modelo mais barato, já que ele tem um sistema que se parece muito com aquele presente no telefone mais caro.

De fato, a escolha não é tanto para competir com o iOS nos mercado emergentes – já que a Apple, ao que parece, não quer entrar nessa briga -, mas sim com o Android, que vai muito bem nesses mercados.

A mudança de design é, para muitos que testaram a plataforma, algo realmente necessário. O Firefox 1.0, mesmo sendo funcional, ficava muito atrás dos concorrentes na usabilidade, e copiar o que funciona bem pode ser uma ótima ideia.

650_1000_firefox-os-2-0-7

Por outro lado, isso é o suficiente para convencer fabricantes, indústria e usuários?

O apoio que as operadoras e fabricantes deram para o Firefox OS pareceu sólido na MWC 2013, porém um ano e meio depois, nos deparamos com um cenário onde o Firefox OS possui uma cota de mercado ridícula.

A Telefônica, uma das maiores incentivadoras do projeto, não revela números quando o assunto é o Firefox OS, mas indica que em alguns países latino-americanos, a cota de mercado do sistema “alcançou os dois dígitos”.

Muito além das mudanças estéticas

O Firefox OS não traz apenas mudanças na interface de usuário. Também oferece novidades nas suas características nativas.

650_1000_firefox-os-2-0-6

O suporte do WebGL, WebRTC e dos dispositivos Dual SIM estarão entre as novidades da nova versão. Mas o roadmap do produto revela outras surpresas, como: copiar e colar textos, tela de bloqueio com controles de reprodução e notificações, integração com o Firefox Accounts, previsibilidade de texto mais poderosa, suporte do NFC para transferência de fotos e dados de contatos, entre outras.

É esperado que o Firefox OS 2.o seja anunciado no dia 21 de julho de 2014. Veremos se com as novidades o sistema ganha um gás. Poderão mais fabricantes oferecer dispositivos que saibam tirar proveito de todas essas mudanças?

Só o tempo vai dizer.