bateria notebook

Muitos mitos circulam sobre as baterias, e o tema de ter a bateria do notebook sempre conectada motivou a produção desse post, para esclarecer algumas questões importantes.

 

Conselhos que são bem vindos para todos

A primeira delas é que manter o notebook sempre ligado na rede elétrica não é algo perigoso, nem pode resultar em qualquer tipo de problemas para a bateria ou para o equipamento, já que as baterias atuais suspendem o processo de recarga quando alcançam os 100% de carga, evitando as sobrecargas.

Utilizar o notebook na rede elétrica com a bateria totalmente conectada tem efeitos positivos indiretos sobre a bateria, já que evita o consumo e mantém os ciclos de carga e descarga para uma utilização quando realmente for necessário.

Porém, o que devemos evitar a todo o custo são os problemas de superaquecimento, algo muito frequente em equipamentos mais antigos.

O calor afeta e muito a integridade das baterias, e pode ter efeitos nada agradáveis. Para notebooks com temperaturas muito altas, é recomendável abrir o equipamento para uma limpeza interna e troca da pasta térmica. Para quem não sabe como fazer isso ou não quer arriscar, recorra a um técnico especializado.

Por fim, recomenda-se manter a bateria sempre em uma carga que varia entre 40% e 80%, pois desse modo garantimos ciclos de recarga que variam entre 300-500 a 1.000-2.000 ciclos.

Ou seja, não é recomendado carregar ou descarregar completamente a bateria, desmentindo assim outro dos mitos mais conhecidos.

Via Fossbytes