650_1000_ericsson-r380

São 100 milhões de usuários de smartphones nos tempos atuais, mas no passado, os telefones móveis eram basicamente isso que você vê acima: um dispositivo para fazer e receber chamadas, ou enviar e receber mensagens de texto (curtas). Então… qual foi o primeiro smartphone da história?

O PhoneArena fez uma interessante revisão nesse conceito, cujo termo apareceu pela primeira vez em 1997, quando a Ericsson apresentou o Ericsson GS88 “Penelope”, descrito como “telefone inteligente”, separando as duas palavras em inglês “smart phone”. O conceito foi explorado bem antes, em 1983 (sem esse nome, e tomando como base o telefone fixo), por empresas como a Apple, em parceria com a empresa de design Frog Design.

 

A união do PDA com o telefone móvel

simon

Para muitos, o primeiro smartphone (de novo, sem esse nome) da história foi o IBM Simon Personal Comunicator, cujo protótipo apareceu em 1992, com vendas iniciadas em 1994. Esse telefone com características de PDA contava com uma tela monocromática (160 x 293 pixels) que suportava desenhos com uma caneta stylus. Seu sucesso foi muito limitado, e em fevereiro de 1995, ele saiu do mercado.

ericsson_r380

Seis anos depois, o Ericsson R380 é o primeiro telefone que efetivamente se vendia como um smartphone, com todas as letras. O modelo custava US$ 700, e era o primeiro dispositivos a utilizar o mítico Symbian OS. Hoje, esse modelo seria comparado com qualquer ‘feature phone’ do mercado, por conta de suas limitadas configurações, que são inferiores aos smartphones de entrada atuais.

O Ericsson R380 usava as redes GSM 900/1800, contava com tela touch retroiluminada, suporte WAP para internet e aplicativos como calendário, e-mails, navegador de internet, bloco de notas, calculadora e relógio com alarme. Sua tela contava com 3.5 polegadas (120 x 360 pixels), e o dispositivo suportava 2 MB de RARM e 4 de ROM. Se conectava ao PC via porta serial (lembra?), e assentou as bases do Symbian, que durante anos foi o sistema operacional móvel dominante.

E assim começou a história dos smartphones que tanto amamos hoje.