Não faz nem uma semana, e a fabricante chinesa Hanvon anunciou o primeiro leitor de e-books com tela de tinta eletrônica do mundo. E, ser o segundo da lista não foi um empecilho para que a E Ink Holdings apresentasse o Triton, um leitor que pode ter potencial para se tornar o número um. Além da tela com tinta eletrônica colorida, o Triton é 20% mais rápido do que os leitores e-ink convencionais, permite a leitura perfeita de seus conteúdos, mesmo com a luz do Sol batendo em sua tela, e conta com uma bateria com autonomia de até um mês de uso. Esperamos ver no mercado em breve, para saber na prática qual é o seu potencial.

Fonte