Há quem goste de dançar. Há quem não goste. E tem aqueles que mal sabem andar. Em algum momento da nossa vida tivemos ou temos que dançar. Mas se quer fazer desse ato algo eficiente, saiba que um estudo feito pela Universidade Northumbria (Newcastle, Reino Unido) revelou os passos para triunfar nas pistas de dança.

O estudo garante que os movimentos de maior sucesso para as mulheres são aqueles que implicam um leve movimento de quadris e pernas, combinado com um movimento assimétrico dos braços. Porém, o estudo alerta que, se quer mesmo ter sucesso na dança, não tente imitar o boneco dos vídeos.

A pesquisa contou com 200 voluntários (143 mulheres, 57 homens), que deviam dar notas para como dançavam 39 mulheres ao ritmo de uma música. Para eliminar a variável da atração física (que poderia influenciar na nota final), eles criaram um modelo em 3D como os das imagens desse post, que reproduziam os movimentos das dançarinas, garantindo que apenas a dança é o foco da análise.

 

 

A pesquisa faz parte de um estudo maior sobre a cognição social, que é como as pessoas percebem e processam a informação social para fazer inferências sobre o mundo que os rodeia.

Ver a dança ou ouvir a voz de alguém leva a muitos julgamentos detalhados sobre as características pessoais do indivíduo, e isso vai além da informação que realmente existem, mas parecem existir por alguma razão.

O grupo de trabalho pretende seguir pesquisando dentro do mundo da dança, para estudar como o bailado está correlacionado com a personalidade, saúde, idade ou estado hormonal da mulher.

Outras questões que devem ser estudadas no futuro são a cultura e a orientação sexual.

 

 

Via Popsci