Em 2014, a Microsoft estava trabalhando em um smartphone Lumia “todo tela”. Um modelo com acabamento bem diferente dos demais smartphones da época e que, em teoria, seria comercializado como Lumia 435.

Porém, o Lumia 435 que foi comercializado nada tem a ver com o modelo das fotos desse post. E o motivo é bem simples: a Microsoft descartou o modelo “todo tela”, a favor de um mais tradicional.

 

 

Mesmo com o projeto descartado, a Microsoft fabricou vários protótipos, e o pessoal do WindowsCental conseguiu uma unidade. Agora, conhecemos em detalhes como seria o dispositivo, nas suas especificações técnicas:

– Tela de 5 polegadas (720p)
– Processador Snapdragon 200 com CPU quad-core
– 1 GB de RAM
– 4 GB de armazenamento (expansível)
– Câmeras de 5 MP e 720p
– Bateria de 1.800 mAh
– Windows Phone 8.1

 

 

Sua tela ocupava 79% do espaço frontal, de modo que estamos diante do verdadeiro percussor do formato que hoje está tão em moda.

Não sabemos o que levou a Microsoft a cancelar o dispositivo, mas é fato que foi um grande erro. Eles poderiam se diferenciar da concorrência e criar tendência no mercado mobile.

E, obviamente, lucrar muito com isso.

 

 

Via Windows Central