fibra-optica

A Universidade Técnica da Dinamarca (DTU) conseguiram alcançar uma taxa de transferência de internet em fibra óptica de 43 Tbps, ou 5.4 terabytes por segundo. Com um simples cabo de fibra óptica, lembrando.

A DTU já tem experiência com esse tipo de recorde. Em 2009, eles foram os primeiros a alcançarem os 1 Tbps. Dois anos depois, alcançaram 26 Tbps, e agora, registram um novo recorde. O mais interessante é que eles utilizaram um laser sobre um único cabo.

O sistema idealizado pela DTU tem os seus truques. Utilizar um único laser transforma automaticamente esse cabo em um cabo de fibra multi-núcleo, com vários canais dentro do mesmo filamento. Essa tecnologia foi desenvolvida pela operadora japonesa NTT DoCoMo.

Infelizmente, a DTU não informa como eles conseguiram alcançar essa velocidade. Sim, sabemos que eles usam um cabo de sete núcleos, mas desconhecemos se eles utilizaram técnicas como SDM ou WDM para um maior envio de dados. Mesmo assim… quero isso na minha casa para ontem!

Via Extreme Tech