facebook

O Facebook quer resolver um grande problema na Índia: a escassez de sangue nos diferentes bancos do país.

70% dos mais de 1.3 bilhão de habitantes na Índia estão na zona rural, o que deixa complexo o acesso aos diferentes meios tecnológicos necessários para o progresso dessa população.

Na Índia, o smartphone é utilizado de forma muito mais ampla do que otras tecnologias. Muitas clínicas usam o WhatsApp para organizar transplantes, por exemplo. Logo, o dispositivo é peça fundamental para o dia a dia, aproximando os cidadãos de forma única, além de ter um papel importante na saúde pública.

A partir do dia 1 de outubro, o Facebook vai lançar um simples e privado sistema que favorece a aparição de doadores de sangue quando necessário. Os usuários com conta do Facebook poderão informar na rede social que tipo de sangue possuem.

 

 

Essa informação será privada, mas deve ser utilizada em estudos demográficos de forma anônima. Com a ajuda da geolocalização móvel, o Facebook poderá avisar os usuários qual é o tipo sanguíneo mais necessário naquele momento.

Com isso, doar e receber sangue na Índia vai se tornar um processo muito mais simples, onde os bancos de sangue avisam ao Facebook sobre o sangue que precisa, e a rede social notifica os usuários pelo smartphone.

É uma iniciativa muito interessante e que pode salvar vidas. Não há previsão da expansão desse programa para outros países. Lembrando que os doadores serão geolocalizados por vontade própria.

 

Via Facebook